quarta-feira, 2 de maio de 2012

Ciclo de palestras em química forense - Agência FAPESP - Agenda

Ciclo de palestras em química forense - Agência FAPESP  - Agenda

Ciclo de palestras em química forense
02/05/2012


Agência FAPESP – O Conselho Regional de Química da 4ª Região realizará nos dias 26 de maio e 2 e 16 de junho, o Ciclo de Palestras em Química Forense.

Voltado a estudantes no último ano de graduação de química, técnicos de nível médio e profissionais atuantes na área, o objetivo do evento é discutir a contribuição da química na investigação e esclarecimento de crimes.


A programação do encontro será composta por palestras, que serão proferidas por especialistas brasileiros.


“Nanotecnologia aplicada à química forense”, “Metodologia utilizada para constatação de falsificação ou adulteração de medicamentos” e “Constatação de incêndio de natureza criminosa” são alguns temas que serão abordados durante o ciclo de palestras.


O evento será realizado na sede do CRQ, localizado na R. Oscar Freire, no. 2039, em São Paulo (SP).


Mais informações e inscrições.


+++++


NOTA DESTE BLOGGER:


A Química Forense procura detectar sinais de inteligência na cena do crime. Qual teoria científica propõe detectar sinais de inteligência na natureza? A teoria do Design Inteligente!


Alguém aí avise ao Nelio Bizzo, da Faculdade de Educação da USP, Mario de Pinna, do Museu de Zoologia da USP, Paulo Sano, do Departamento de Botânica da USP, Maria Isabel Landim, também do Museu de Zoologia, e Acácio Pagan, do Departamento de Biociências da Universidade Federal de Sergipe, que a metodologia da teoria do Design Inteligente já está em ação na comunidade científica há muitos anos!


E o Conselho Regional de Química da 4a. Região vai realizar o Ciclo de Palestras em Química Forense, ou seja, sem querer querendo, vão promover a teoria do Design Inteligente! E os nossos amigos do Design Inteligente mencionados há pouco vão ficar de bico calado sobre este evento do CRQ - 4a. Região!!!

Prof. Dr. Marcos Nogueira Eberlin, Unicamp, veja que seus críticos soezes negam a plausibilidade científica da teoria do Design Inteligente, mas a aplicam no dia a dia e, apesar de serem especialistas de renome em suas áreas, são tardios em perceber que a metodologia heurística da teoria do Design Inteligente é utilizada em várias áreas científicas.
 
Fonte via: http://pos-darwinista.blogspot.com/
 
Divulgação: http://metodologiadoestudo.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário